Blog

16 de abril de 2020

Eficiência Energética e o COVID-19: o que fazer neste período?

Nesta semana completamos 4 semanas de isolamento social e muitos são os desafios que os diferentes setores tem enfrentado. Setores como varejo não alimentar e serviços foram altamente impactados pelas medidas de fechamento das lojas e a baixa circulação de pessoas nas ruas, fazendo com que as receitas caíssem nesse período. Indústrias de bens não essenciais, como a automobilística, também sofreram fechamento das plantas e algumas chegaram a implantar férias coletivas.

Do lado do consumidor, um estudo da Kantar mostrou que desde o último mês 78% dos brasileiros estão saindo de casa somente para ir ao banco e supermercados e mais de 68% deixou de ir a restaurantes e lanchonetes. Com este cenário, a contenção de custos passa a ser mais forte para reduzir o prejuízo nos caixas das empresas impactadas.

Com isto, o controle ainda mais rigoroso dos custos de energia se torna mais relevante e a Eficiência Energética (EE) passa a ser uma iniciativa estratégica neste momento de crise. Além de reduzir o consumo de energia das empresas, as ações de EE podem ajudar a reerguer o mercado após a crise com a geração de empregos e uso consciente dos recursos.

Porém, em tempos de isolamento social, o que pode ser feito? Neste post listaremos algumas ações que podem ser feitas de forma remota para que, uma vez a situação normalizada, a implementação das iniciativas de EE sejam mais rápidas e eficazes.

Estudos Virtuais

De forma geral, para um bom desenho de solução e estimativa de ganhos energéticos assertivos, a visita em campo é importante para apoiar as decisões do time técnico. Entretanto, algumas análises podem ser feitas remotamente com base em informações como inventário de equipamentos, faturas e horários de funcionamento. Essas informações, atreladas ao expertise da GreenYellow de mais de 1 mil projetos de EE, podem indicar quais as possíveis soluções, estimar ganhos e inclusive orçar um valor para implementação da ação.

Para o caso do varejo alimentar, com os dados de tipo de iluminação e quais os tipos de balcões instalados somos capazes de indicar uma faixa de economia com mais de 90% assertividade, o que permite já planejar ações futuras e priorizar quais as lojas que trariam o melhor retorno. Para a indústria, é possível ainda ir além: dado que muitos setores da planta possuem sistemas supervisórios com dados históricos de consumo de equipamentos e variáveis de processo, é possível realizar um estudo do perfil de funcionamento dos sistemas e equipamentos com diferentes perfis de volume de produção – algo raro dado que dificilmente as linhas de produção param.

Com os estudos feitos, conseguimos alinhar as expectativas do cliente nesse período em relação a solução técnica e financeira para que, quando a situação normalizar, o planejamento do projeto esteja feito e sua implementação seja mais rápida.

Transformação digital

Muitas empresas foram forçadas a trabalhar de forma remota com a crise e a relação com a gestão de energia não ficou de fora. Algumas atividades relacionadas ao levantamento de informações de consumo ainda ocorrem de forma manual com a coleta presencial dos dados do medidor das concessionárias.

Soluções de monitoramento de energia remotas, como o EasyEnergy da GreenYellow, torna essas atividades automatizadas e online. Com a medição horária visualizada em plataforma, as análises de desvios da operação passam a ser online os dados são facilmente analisados. Além disso, é possível evitar surpresas na conta de energia no final do mês uma vez que o consumo é conhecido.

Um ponto relevante é que, com estes dados em mãos, os estudos virtuais ficam muito mais assertivos principalmente se a medição for setorizada – ou seja, existe um medidor distinto para cada sistema consumidor, como iluminação e refrigeração.

Outra solução, focada no varejo alimentar, é o EasyTemp, solução GreenYellow para monitoramento remoto da temperatura de balcões. Com ela é possível acompanhar online a temperatura dos balcões, evitando o contato dos funcionários com os alimentos, contribuindo para o controle da disseminação de patógenos, além de receber alertas em casos de desvios para agir rapidamente na prevenção de quebras de alimentos.

Planejamento

Com muitos colaboradores que possuíam tarefas de campo em casa, as empresas podem alocar times de manutenção, por exemplo, para apoiar o planejamento de ações de eficiência. Muitas vezes os times possuem diversas iniciativas que, na correria do dia-a-dia, não têm a priorização necessária.

Este pode ser o momento de revisitar projetos ou, ao menos, não os deixar estagnados por serem fatores-chave para a recuperação econômica da empresa após a crise. Conforme afirmado pela IEA – Agência Internacional de Energia – devemos transformar os impactos de curto-prazo em transformações de longo-prazo, planejando programas de eficiência que irão maximizar os resultados. Importante sempre lembrar que os benefícios de ações de EE são duradouros, podendo aumentar a competitividade da empresa e liberar recursos para investimentos em seu core business.

A GreenYellow possui um time de mais de 40 consultores técnicos que apoiam nossos clientes a programar e implantar suas ações de eficiência de forma rápida e eficaz – já realizamos mais de 30 obras em um único mês. Temos capacidade de investir nos projetos com capital próprio, viabilizando projetos que as empresas podem ter dificuldade de investir sozinhas. Em situações como a que vivemos principalmente, temos um compromisso ainda maior em financiar os projetos visando reduzir o impacto no fluxo de caixa dos clientes.

E para que focar nisso?

Com pouco mais de 45 empresas de eficiência energética no Brasil – segundo membros associados da ABESCO (Associação Brasileira de Energy Services Companies) –, o Brasil ainda tem um potencial grande para crescimento nos projetos de EE. A prioridade para este momento é cuidarmos dos nossos colaboradores e da saúde da sociedade, mas sem perder de vista o que pode ser feito para facilitar a retomada da economia no pós-crise e, com certeza, a Eficiência Energética pode ajudar.

O objetivo é criar oportunidades que posteriormente serão aplicadas mais rápido do que se iniciadas somente após a retomada. Conte com a GreenYellow para acelerar (e facilitar) sua transição energética!

 

Gostou? Fale conosco e veja como podemos te ajudar!

 

 

 

Eficiência Energética

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *