Blog

4 de fevereiro de 2020

HiperBom Supermercados economizam mais de 21% em energia com projeto da GreenYellow

A rede varejista catarinense, que conta com quatro lojas em diferentes bairros da cidade de Florianópolis, além dos sites de administração e distribuição, investiu na iniciativa de eficiência energética junto à multinacional francesa em uma de suas unidades e, com isso, conseguiu reduzir R$110 mil no gasto com energia ao ano

De origem familiar e com uma trajetória de 25 anos dedicados ao varejo, o Hiperbom Supermercados, rede que conta com quatro lojas na cidade de Florianópolis (SC), decidiu investir na área de eficiência energética como forma de diminuir os gastos com o recurso e com o objetivo de oferecer uma melhor experiência de compra aos clientes. Para isso, contratou a GreenYellow, companhia especializada em soluções para eficiência energética,  geração de energia solar e comercialização de energia, para desenvolver um projeto a fim de otimizar o consumo energético em uma de suas unidades.

Na hora de decidir a unidade que passaria pela remodelação, verificou-se que a loja localizada no bairro do Campeche reunia as características necessárias para a implementação do projeto, uma vez que é maior que as demais e a iluminação ainda não havia sido trocada por led, como já tinha ocorrido com uma das lojas, que foi inaugurada há menos tempo. “O trabalho da GreenYellow durou menos de um mês e, pouco tempo depois, as mudanças já estavam dando resultado. De acordo com os cálculos, a redução será de 21,5% ao ano no consumo de energia, o que representará uma economia de R$ 110.540,00 no mesmo período”, explica Felipe Royer, diretor de expansão do Hiperbom Supermercados.

Além da questão da diminuição dos custos de energia, o Hiperbom colocou como um dos requerimentos junto à GreenYellow a necessidade de aumentar a sensação de claridade na loja, visando deixar o ambiente mais iluminado. “O resultado foi muito positivo, pois, após a implementação, percebemos que a unidade ficou parecendo até mais nova, refletindo também no bem-estar dos nossos clientes”, complementa Royer.

 

Loja depois da implantação do projeto: novo projeto luminotécnico e fechamento dos balcões e geladeiras

 

Segundo o diretor presidente da GreenYellow no Brasil, Pierre-Yves Mourgue, o projeto enfocou na questão luminotécnica, personalizando o salão de vendas por meio da troca de lâmpadas fluorescentes por luminárias LED (subiu de 537 lux(*) para 791 lux), inclusive nas áreas externas; no sistema de ar-condicionado e na troca de automação da sala de máquinas; bem como no fechamento de balcões (ilhas congeladas e balcões verticais). “Outro ponto importante para o sucesso do trabalho foi o fato de ampliarmos o ciclo de refrigeração, que geralmente era composto por três partes, para quatro: compressor, condensador, evaporador e a inclusão da válvula de expansão. Isso porque percebemos, por exemplo, que em alguns clientes isso evitava que o sistema de automação da casa de máquinas ficasse em modo automático e, quando isso não acontecia, a economia nos custos mensais acabava sendo comprometida”, conta Mourgue. De acordo com o executivo, outro diferencial foi o fechamento das ilhas de congelados. “Desenvolvemos junto ao nosso fornecedor de estruturas de fechamento das cabeceiras das ilhas um novo projeto, mais adequado aos equipamentos existentes do cliente”, completa.

(*) Unidade de iluminamento equivalente à produção de um fluxo luminoso uniformemente distribuído sobre uma superfície na proporção de 1 lúmen por m2.

 

Clique aqui e confira as imagens do antes e depois.

Sala de Imprensa , ,

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *