Blog

11 de abril de 2018

Aneel aprova reajuste médio de 16,9% nas tarifas da CPFL

Aumento na tarifa entrou em vigor no último domingo, 8.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou um reajuste médio de 16,9% nas tarifas da Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL Paulista), empresa que atende 4,3 milhões de unidades consumidoras em 234 municípios do estado de São Paulo.

Para consumidores conectados em alta tensão, o aumento será de 11,11% e, para a baixa tensão, de 20,17%. Além das unidades residenciais, a baixa tensão inclui as unidades consumidoras de baixa renda, imóveis rurais, comerciais, de serviços e outras atividades. Também inclui a tarifa de iluminação pública.

O aumento na tarifa de energia, que já era esperado, entrou em vigor no último domingo, 8. O tema foi objeto de audiência pública promovida pela Aneel desde janeiro.

O reajuste diz respeito ao quarto ciclo de revisão tarifária, processo realizado pela Aneel para manter o equilíbrio econômico-financeiro dos contratos das distribuidoras. A revisão é realizada periodicamente em intervalos de quatro anos.

“A revisão tarifária periódica reposiciona as tarifas cobradas dos consumidores após analisar os custos eficientes e os investimentos prudentes para a prestação dos serviços de distribuição de energia elétrica, em intervalo médio de quatro anos”, justificou a Aneel.

A GreenYellow acredita em parcerias para resultados rápidos e efetivos. Especializada em gestão de energia, realiza o diagnóstico energético e desenvolve projetos de energia solar e eficiência energética com foco em Iluminação, Refrigeração, Climatização, sistemas de bombeamento, ar quente para fornos, vapor para caldeiras, ar comprimido e gás, além de realizar adequação para atender as normas técnicas e a legislação atual.

A GreenYellow investe 100% no parceiro, promovendo a viabilização técnica e financeira do projeto. Depois de implantado, o parceiro retorna o investimento de forma parcelada e conta com economia garantida desde o primeiro dia do contrato.

Conte com a gente e use a nossa energia para economizar a sua!

Fonte: Estadão / Canal Energia

Eficiência Energética, Reajustes de Tarifas Energéticas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *